Mundo Sombrio - Um Fórum Assustador E Real - Entre Se Tiver Coragem

O Mundo Sombrio está de volta, dessa vez em Blog, visite: http://mundosombrioculto.blogspot.com.br

O Mundo Sombrio Tem Um Conteúdo Assustador E Real - Entre Se Tiver Coragem

Estatísticas

Os nossos membros postaram um total de 2426 mensagens em 1888 assuntos

Temos 473 usuários registrados

O último usuário registrado atende pelo nome de MarshaWag

Últimos assuntos

» Medusa
Qui Mar 26, 2015 9:56 pm por tifanysangrenta

» Topico Criado Para Membros Novos
Sab Jul 12, 2014 11:35 pm por † Maurício †

» Como fazer O JOGO DO COPO
Seg Jun 30, 2014 1:14 pm por John Doe

» Livro: A ilusão de Lilith
Qua Jun 11, 2014 10:34 am por SECRET LOBA BRANCA

» A Lenda da Estatua.
Dom Jun 08, 2014 6:52 pm por SECRET LOBA BRANCA

» Olá :D
Sex Jun 06, 2014 12:25 pm por † Maurício †

» Apresentações - Como Tudo Começou e Muito Mais
Dom Jun 01, 2014 8:55 am por † Maurício †

» As 7 Profecias Maias
Sex Maio 30, 2014 4:31 am por † Maurício †

» Oi
Seg Fev 24, 2014 9:04 pm por † Maurício †

Quem está conectado

2 usuários online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 2 Visitantes :: 1 Motor de busca

Nenhum


O recorde de usuários online foi de 1036 em Qui Set 18, 2014 3:25 pm

Parceiros


Comunicar Com Fantasmas Através de Técnica EVP

Compartilhe
avatar
† Maurício †
ADMINISTRADOR
ADMINISTRADOR

Mensagens : 1934
Pontos : 16470
Reputação : 11
Data de inscrição : 27/11/2011

default Comunicar Com Fantasmas Através de Técnica EVP

Mensagem por † Maurício † em Sab Fev 02, 2013 2:47 pm

Este método consiste na tentativa de gravar um diálogo entre si e um ou mais fantasmas utilizando a técnica EVP (fenómeno eléctrico da voz).

Compre um gravador, não tem de ser um gravador de cassetes, estamos no século 21, pode ser um gravador digital. Se optar por um gravador mecânico (como os gravadores de cassetes) vai necessitar também de um microfone externo de modo a que não grave quaisquer ruídos originados pelas partes mecânicas do gravador.


Coloque o gravador num local plano da divisão passível de estar assombrada (não, não vai conseguir captar qualquer EVP se o local não estiver assombrado). Mas não desespere, se costuma sentir-se observado mesmo estando só ou se ouve ruídos inexplicáveis em determinado local, é bem possível que exista uma presença.


Se estiver a utilizar um microfone externo, certifique-se que o coloca distante do gravador. Convêm ter bastante memória de gravação disponível no aparelho e se utilizar pilhas ou baterias, traga algumas extra para garantir que não fica a meio de algo importante.


Certifique-se que não existem ruídos de fundo. Por exemplo pessoas a falar noutra divisão da casa ou veículos a passar na rua, etc.
Se não for possível abafar esses ruídos, memorize-os de modo a que depois os possa identificar quando ouvir a gravação sem os confundir com algum ruído ou voz originado pela entidade comunicativa. Se necessário aponte num bloco a hora a que se deu algum ruído mais forte, por exemplo: às 13.50 – passou uma mota ruidosa.


Sente-se confortavelmente, não vai querer andar de um lado para o outro causando ruídos e dificultando posteriormente a identificação de algo autêntico.


Poderá no entanto ser necessária a utilização de "Ruído Branco", pois é sabido que as entidades comunicativas muitas das vezes utilizam a energia desse ruído para projectar a sua voz. Pode usar por exemplo uma ventoinha ou um rádio não sintonizado para produzir esse ruído. O importante é produzir um ruído constante.


De qualquer modo, se tiver oportunidade, tente das duas formas, uma primeira sessão sem "Ruído Branco" e outra sem "Ruído Branco". Mas não faça duas sessões no mesmo dia, isso pode aborrecer a entidade e esta deixar de ser comunicativa consigo.


Comece a gravar. Em voz alta e bom som, diga a hora, data e local onde se encontra. Isto vai ajuda-lo mais tarde para poder organizer melhor os seus EVP’s.


De uma forma simpática, convide algum fantasma ou fantasmas presentes a conversar consigo. Faça-o em voz alta e em bom som! Não fale em voz baixa e muito menos sussurre.
Seja paciente e persistente. Diga que gostaria de lhes colocar algumas questões se eles não se importarem. Seja simpático e actue com respeito! Lembre-se que os fantasmas têm sentimentos e não são “coisas” mas sim ex-pessoas.


Não tenha pressa. Como a voz dos fantasmas não são audíveis enquanto grava, terá de actuar por cálculos.


Depois de convidar uma entidade ou entidades a conversarem consigo, digamos 10 minutos deverão ser suficientes para que a entidade esteja preparada a estabelecer contacto, poderá começar a colocar-lhe questões.


Fale alto e bom som, pausadamente. Coloque a questão e mentalmente elabore a resposta à questão. Isto deverá dar tempo à entidade para responder.
Pense na resposta calmamente e dê mais algum tempo de folga.


Obviamente não diga a resposta à sua questão! Este método serve apenas para poder dar tempo à entidade de responder. Não vai querer colocar uma nova questão enquanto o fantasma responde à pergunta anterior.
Os fantasmas nem sempre respondem tão rápido como as pessoas, tenha isso em atenção.


Lembre-se que neste momento a voz da entidade não será ouvida por si, a menos claro, que possua essa faculdade, como um médium possui.
Seja táctico, não coloque questões que podem enfurecer o fantasma! Por exemplo, não pergunte algo como "foi o senhor que matou os seus amigos com uma faca?". Perguntas desse género são geralmente uma má ideia.


Em vez disso, coloque questões como a idade da entidade, o nome, os nomes da sua família, porque estão ali, etc.
Não pergunte algo como "Em que ano morreu?". Não! Em vez disso pergunte "Em que ano estamos?". Geralmente a resposta coincide com o ano em que a entidade faleceu.
Isto porque geralmente os fantasmas não sabem que estão mortos e esse género de questões poderá confundi-los ou enerva-los.


Poderá também perguntar-lhes se há alguma coisa que possa fazer por eles. É bastante comum eles procurarem ajuda das pessoas para transmitir mensagens a alguém.


Quando terminar a entrevista, agradeça-lhes a sua cooperação. Seja cordial. Incentive-os também a não o seguirem quando sair do local.


Mais tarde, quando ouvir a gravação pela primeira vez, ouça-a com uns auscultadores mas com o som baixo, pois geralmente a voz do fantasma é muito alta, dando a ideia que eles falam directamente para o microfone causando um som muito alto no resultado final.


Lembre-se que a voz de um fantasma pode também não ser tão perceptível quanto se espera, por isso analise bem a gravação e não a descarte imediatamente só porque não consegue ouvir nada na primeira reprodução.


Para analisar o áudio aconselhamos a utilizar um programa de computador como por exemplo o Audacity que é gratuito. Este género de programa é bastante eficiente pois é possível depurar alterações significativas nas ondas sonoras assim como filtrar frequências indesejáveis e amplificar outras.

Lembre-se que pode partilhar connosco os resultados conseguidos, para isso utilize o respectivo formulário onde pode submeter as suas gravações quando bem sucedidas.
Bom Medo Extremo
Fonte: tenhamedo.net

    Data/hora atual: Sex Dez 15, 2017 6:44 pm